O Evangelho Infantil.

Os primeiros contatos com o ensinamento da palavra de Jesus a uma criança deve partir de um contato especifico com material visualizado, mas a palavra de Deus nos traz lições com fundamentos especiais para a contação de Histórias e, como exemplo de um grande contador aparece o Senhor e Salvador Jesus Cristo. Quando o mestre dos mestres contava uma história ele aguçava a criança a curiosidade e se igualava a ela.

Em Mateus 25. 14-30 há um texto que diz:

14. E a boa notícia sobre o Reino será anunciada no mundo inteiro como testemunho para toda a humanidade. Então virá o fim.
15.E Jesus continuou:
— Vocês verão no Lugar Santo “o grande terror”, de que falou o profeta Daniel. (Que o leitor entenda o que isso quer dizer!) 16.Então, os que estiverem na região da Judeia, que fujam para os montes. 17.Quem estiver em cima da sua casa, no terraço, que fuja logo e não entre para pegar as suas coisas. 18. E quem estiver no campo, que não volte para casa a fim de buscar as suas roupas. 19.Ai das mulheres grávidas e das mães com criancinhas naqueles dias! 20. Orem a Deus para que vocês não tenham de fugir no inverno ou no sábado. 21. Porque naqueles dias haverá um sofrimento tão grande como nunca houve desde que Deus criou o mundo; e nunca mais acontecerá uma coisa igual.22. Porém Deus diminuiu esse tempo de sofrimento. Se não fosse assim, ninguém seria salvo. Mas, por causa do povo que Deus escolheu para salvar, esse tempo será diminuído.
23 — Portanto, se alguém disser para vocês: “Vejam! O Messias está aqui” ou “O Messias está ali”, não acreditem. 24. Porque aparecerão falsos profetas e falsos messias, que farão milagres e maravilhas para enganar, se possível, até o povo escolhido de Deus. 25. Prestem atenção! Eu estou lhes dizendo tudo isso, antes que aconteça.
26 — E, se disserem: “Vejam! Ele está no deserto”, não vão lá. Ou ainda: “Vejam! Ele está escondido aqui”, não acreditem.27. Porque, assim como o relâmpago risca o céu, do nascente até o poente, assim será a vinda do Filho do Homem.
28 — Onde estiver o corpo de um morto, aí se ajuntarão os urubus.
29. Jesus disse:
— Depois daqueles dias de sofrimento, o sol ficará escuro, e a lua não brilhará mais. As estrelas cairão do céu, e os poderes do espaço serão abalados. 30. Então o sinal do Filho do Homem aparecerá no céu. Todos os povos da terra chorarão e verão o Filho do Homem descendo nas nuvens, com poder e grande glória.

Nesse contexto podemos observar a ênfase em contar e viver a própria história com a criança, o sentido do contador de histórias além de viver ele precisa conceber, encenar, interpretar e atuar, pois a criança faz parte de um público em que o aprender a palavra é necessário envolve-lo no contexto.